I Will Survive


Quem nunca chacoalhou numa pista de dança ao som de I Will Survive, com certeza não viveu as 3 últimas décadas.
Lançada em outubro de 1978, a canção de Freddie Perren e Dino Fekaris gravada por Glória Gaynor, é um sucesso que já dura mais de 30 anos e até hoje levanta qualquer festa.
Lançada como lado B de um single que trazia Substitute como canção principal. Assim que chegou às lojas e às discotecas, a bolacha virou e I Will Survive foi parar entre as top 100 da Billboard em 1979 e primeiro lugar no Reino Unido. Entre muitos outros prêmios, a música ganhou o Grammy em 1980 e entrou também na lista das 500 Melhores Canções de Todos os Tempos da revista Rolling Stones.
Inicialmente tomada como hino contra a discriminação feminina, a música tocou também a causa gay que sofria com o surgimento da AIDS. O refrão que diz "Eu vou sobreviver" ganhou uma conotação muito mais forte do que quando concebido por seus compositores.
O clip original da música foi gravado em 1979 na lendária dicoteca Xenon, de Nova York. I Will Survive também fez parte da trilha sonora de dezenas de filmes, entre eles: Pricilla, A Rainha do Deserto e Quatro Casamentos e Um Funeral (ambos de 1994).
Regravada em praticamente todos os idiomas, I Will Survive já ganhou interpretações de outros grandes nomes da música mundial como: Gladys Knight & The Pips (1980), Sister Sledge's (1993), Diana Ross (1995), Cake (1996), Celia Cruz (2000) e Alexey Igudesman e Richard Hyung-Ki Joo fizeram um versão erudita e ao mesmo tempo super divertida, veja no vídeo abaixo.
No Brasil, Vanusa gravou uma versão em português. Abafa o caso. E a banda As Velhas Virgens fizeram uma versão satírica chamada Vai Wilsom Vai.

0 comentários: