Humor Alemão?! SIM, RALF KÖNIG


Humor parece ser um gênero pouco comum na Alemanha e até meio improvável para quem não tem muita intimidade com a cultura alemã mas, por incrível que pareça, os alemães adoram humor. Só não demonstram muito...


O cartunista Ralf König é um exemplo de humor germânico que saiu do armário, em vários sentidos. Sua obra, de temática gay, tem projeção internacional e, há mais de 20 anos, figura entre os grandes nomes do cartoon.




Seu primeiro grande sucesso a atravessar fronteiras foi "O preservativo assassino”, lançado em uma época em que ninguém tinha tido a coragem ainda de abordar o tema da AIDS com humor. König teve e ainda conseguiu derrubar a barreira do preconceito de outros públicos.


Outro grande sucesso foi "O Homem Procurado”, que conta as aventuras de um heterossexual que se vê inserido no mundo gay. A repercussão foi tão grande que a história foi transformada em filme, com o mesmo título, sob direção de Sönke Wortmann e estrelado por Til Schweiger.



Vários trabalhos de König acabaram adaptados para o cinema e ele próprio virou tema de um documentário dirigido por Rosa Von Praunheim e com o título de “König: Rei dos Quadrinhos”, feito em 2012.







0 comentários: