Do Lixo Para A Liberdade

O artista visual Paul Villinski utiliza materiais do cotidiano que acabariam no lixo para realizar trabalhos belíssimos e metafóricos, inspirados em suas referências pessoais e da sociedade contemporânea.
O conceito de liberdade permeia toda suas criações, representada por asas feitas com luvas velhas, borboletas produzidas a partir de latas de alumínio e outros tipos de materiais reciclados. Para Villinski, o processo criativo é uma forma de meditação.









0 comentários: